Segunda-feira, 22 de Junho de 2009

(meu) amor, (meu) amor

Meu amor, meu amor,
meu nó de sofrimento,
minha mó de ternura,
minha nau de tormento...

 

Vera às 17:00

| Comentar |
10 comentários:
De Marta a 22 de Junho de 2009 às 17:36
Pois, não é nada que não passe.

Ohh gosto tanto da música, da letra.
Beijinhos
De Vera a 22 de Junho de 2009 às 21:06
Na minha opinião é linda, e... oh, doce Amália.
De Flyer a 23 de Junho de 2009 às 08:53
A música é mesmo bonita. Gosto.

Peace
De My Simple Life a 23 de Junho de 2009 às 19:33
A música é tão linda. A sua voz e a letra combinam tão bem.
De Marta a 23 de Junho de 2009 às 20:41
O problema é que os sonhos são tão verídicos que acordei super atrofiada por ter no pensamento que tinha mesmo acontecido.
Ainda por cima estava toda a gente normal e só eu é que sonhava baba e ranho. Foi tão esquisito, até a mãe dele dizia que era normal morrer-se e não sei quê.
E eu ali toda aflita.
Que horror, mas não quero pensar nisso.
De Bonnie M. a 24 de Junho de 2009 às 11:03
Que bonito (:
De ameninadaesquina a 24 de Junho de 2009 às 22:29
Vou guarda-lo sempre quer fique com ele ou não vai ser sempre meu <3
Beijinhoo.
De ameninadaesquina a 25 de Junho de 2009 às 21:28
Espero que o meu irmão seja mesmo feliz. Eu e ele nunca nos demos bem e se calhar nunca vamos dar, somos muito diferentes, mas desejo-lhe toda a felicidade, apesar das nossas diferenças vamos ser sempre irmãos..
Beijinhoo.
De M. :) a 25 de Junho de 2009 às 22:57
Oh *.*
Tão sincero ... :')
De a 27 de Junho de 2009 às 15:44
adoro esse livro :)

+

Ver perfil

 
Emoção que abafa a lógica:
As palavras da menina-mulher que vive, que ama, que chora de tanto rir e que ri para não chorar.
online