Segunda-feira, 30 de Março de 2009

Ama-me, de novo.

Abraça-me mais uma vez, beija-me como antes, pega-me a mão com a mesma delicadeza da primeira vez, faz-me viver, só mais uma vez, a magia do passado, a magia daquela tarde, a magia daquele primeiro beijo, faz-me viver tudo de novo.

Não te vás embora, mesmo que este adeus não seja para sempre, não o digas, fica comigo, só mais um ou dois minutos, o tempo não importa, desde que tudo seja intenso, como sempre foi.

Porquê? Porque é que vais? Porque é que não olhas para trás? Porque é que não te arrependes e corres para mim? Porque é que esta distância aumenta? Porque deixo de existir para ti?

Fazes o meu coração bater rápido e de um momento para o outro quase parar.

Ama-me, de novo.

 

(Antes queria que fosses, agora, que foste, quero que voltes.)

 

: Queen - Somebody to love
tags:
Vera às 21:30

|
De MárciaB. a 30 de Março de 2009 às 23:22
Luta!

E se vires que a luta não vale a pena, é porque está para vir algo muito melhor (;

Beijinho
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

+

Ver perfil

 
Emoção que abafa a lógica:
As palavras da menina-mulher que vive, que ama, que chora de tanto rir e que ri para não chorar.