Quarta-feira, 8 de Abril de 2009

A ir-se

O tempo passa e o sentimento que vai cá dentro parece começar a ir, a dissolver-se, a apagar-se, a minimizar-se. Não sei se é só por não estares presente, por não sermos o que éramos mas parece que já não é aquele amor fogoso, que era. Por um lado fico feliz, talvez se acabe o sofrimento, por outro, nem tanto, porque apesar de tudo, eu gosto de te amar.

 

Vera às 14:00

| Comentar |
11 comentários:
De Flyer a 8 de Abril de 2009 às 14:15
Que engraçado, sinto o mesmo.
De a 8 de Abril de 2009 às 14:17
O tempo não cura, mas trata.
De ♥ - (ego) a 8 de Abril de 2009 às 14:38
O tempo pode fazer com que o sentimento se apague, mas as recordações ficam sempre na memória. Por mais dificil que seja, por mais duro que seja é assim. É assim que é e é assim que tem de ser.
Beijinhos *
De Joαηα a 8 de Abril de 2009 às 14:54
Todos devíamos gostar de amar alguém, porque só assim o amor é belo, só assim vemos no amor a força capaz de mover tudo e todos. :)
De Sugar a 8 de Abril de 2009 às 14:55
Como eu me identifico com cada palavra que tu escreves...
Grande beijo
De ameninadaesquina a 8 de Abril de 2009 às 20:57
Por um lado pode ser mau mas por outro se não estão juntos é o melhor para ti não é?
Beijinhooo.
De Leticia a 8 de Abril de 2009 às 21:17
Por um lado alivia, por outro assusta, mas o tempo ajuda sempre.
Beijinho.
De aquela a 8 de Abril de 2009 às 22:17
Por vezes, não basta amar. Tem de ser gostar de amar.

Beijinho
De Muffin a 8 de Abril de 2009 às 22:20
Minha querida vera, desculpa lá nao ter comentado. Mas tenho andado realmente ausente do mundo dos blogs. Mas agora estou de volta :)
A distancia nunca ajuda, mas para mim nunca me serviu de desculpa. Espero que superes os km :b
Beijinhos
De strangeways a 8 de Abril de 2009 às 23:21
O blog strangeways (o 1) tem uma questão :D
Participa ...

+

Ver perfil

 
Emoção que abafa a lógica:
As palavras da menina-mulher que vive, que ama, que chora de tanto rir e que ri para não chorar.