Terça-feira, 28 de Abril de 2009

Ponto de interrogação (?)

"Todo o mundo é capaz de dominar uma dor, excepto quem a sente."

 

(William Shakespeare)

 

Tantas e tantas vezes já chorei, gritei, salivei, senti dor, imensa dor e houve (quase) sempre alguém que disse que me compreendia e que sabia o que eu sentia , mas como? A sua alma não estava no meu corpo para poder sentir o mesmo que eu. Tenho a plena noção que sempre que me disseram tal coisa foi para me reconfortarem e tudo mais mas se não era a verdade porque o disseram?

Vera às 18:30

|
De Marta a 28 de Abril de 2009 às 18:41
Olha que por vezes podem saber mais ou menos o que sentes (porque o modo como sentimos e nos entristecemos com as coisas são sempre diferentes de pessoa para pessoa), mas podem ter passado por situações semelhantes.
No entanto também não gosto que me digam isso, porque até parece que estão a tornar banal o nosso sofrimento, como se fossemos apenas mais umas choronas ou irritadas, nada mais, apenas fases. O que não é.

Beijinhos
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

+

Ver perfil

 
Emoção que abafa a lógica:
As palavras da menina-mulher que vive, que ama, que chora de tanto rir e que ri para não chorar.