Sábado, 16 de Maio de 2009

Ponto (.)

Abro um caderno, viro página a página, há textos, há os vossos nomes, risco e rasgo folhas. No final sobram apenas traços tortos e páginas soltas. Foi uma longa história que há já muito terminou mas que apenas agora lhe decidi pôr o ponto final.

 

(...).

Vera às 14:00

|
De My Simple Life a 16 de Maio de 2009 às 17:55
Por vezes, mesmo quando a história acaba, torna-se mesmo difícil ou praticamente impossível para nós, colocarmos um ponto final. Mas com o tempo, vão-se apagando parte das memórias e finalmente será tempo de tomar uma atitude. Ainda bem que tiveste essa força.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

+

Ver perfil

 
Emoção que abafa a lógica:
As palavras da menina-mulher que vive, que ama, que chora de tanto rir e que ri para não chorar.
online