Domingo, 8 de Fevereiro de 2009

Olfacto

Senti o cheiro do teu perfume, não eras tu mas cheirava-me a ti. Não sei quem usava o tal aroma mas quase chorei porque, sempre que nos abraçávamos, que nos beijávamos, sempre que estávamos juntos sentia aquele odor, aquele cheiro doce. Enfim, agora, não mais que memórias.

 

Vera às 12:30

| Comentar |
12 comentários:
De menina sonhadora a 8 de Fevereiro de 2009 às 12:34
com o tempo a dor desaparece e ficam apenas memorias
bjs
De ♥ - (ego) a 8 de Fevereiro de 2009 às 12:38
Lindo, mesmo :)
De 'Soraia * a 8 de Fevereiro de 2009 às 13:07
Adorei, mesmo *.*

Identifica-se tanto Comigo (:
De aquela a 8 de Fevereiro de 2009 às 14:42
Há sempre aquele perfume que fica, e quando se volta a senti-lo (...)

Bonito texto! :)
Beijinho
De Leticia a 8 de Fevereiro de 2009 às 15:07
parece que todos eles fazem questao de nos castigar cm aquele cheiro que nos lembra de tudo, como imagens soltas de um filme INTENSO.
beijinho :)
De Bia :) a 8 de Fevereiro de 2009 às 16:45
Ainda bem que as memórias ficam.
A dor, com o tempo, desaparecerá.

Beijinhos :)
De ♥ - (ego) a 8 de Fevereiro de 2009 às 19:31
É mais facil que se imagina. O primiero passo está dado: já tens a força. Agora é seguir com a acção .
Origada pelo tue comentário, acho que foi o primeiro que me des-te ;)
De C. a 8 de Fevereiro de 2009 às 20:34
:S enfim...
De Muffin a 8 de Fevereiro de 2009 às 21:00
Oh se sei bem disso :)
O perfurme é traiçoeiro :X
Beijinhos
De Joαηα a 8 de Fevereiro de 2009 às 21:14
Coisas tão simples, como o cheiro da outra pessoa, nos remetem para o passado e nos deixam com a lágrima nos olhos. :/

+

Ver perfil

 
Emoção que abafa a lógica:
As palavras da menina-mulher que vive, que ama, que chora de tanto rir e que ri para não chorar.