Domingo, 8 de Fevereiro de 2009

Olfacto

Senti o cheiro do teu perfume, não eras tu mas cheirava-me a ti. Não sei quem usava o tal aroma mas quase chorei porque, sempre que nos abraçávamos, que nos beijávamos, sempre que estávamos juntos sentia aquele odor, aquele cheiro doce. Enfim, agora, não mais que memórias.

 

Vera às 12:30

| Comentar | (12) |

+

Ver perfil

 
Emoção que abafa a lógica:
As palavras da menina-mulher que vive, que ama, que chora de tanto rir e que ri para não chorar.